Resenha: Extraordinário

Já faz uns dias que já acabei de ler, bem e por ser incentivada ao ler esse livro pelas críticas super cinco estrelas, eis a minha vez de resenhar.

Logo de cara, nas primeiras páginas, me identifiquei com August, por quê amigão? Bem, eu já sofri bullying, preconceito, ou que seja. Era porque meu nome era diferente (a.k.a estranho), era porque eu tinha um óculos vermelho (a vendedora disse que tava bunito e eu levei, ora bolas!), era porque eu era gordinha do cabelo castanho enrolado, era porque eu tinha entrado no meio do ano, aliás, são tantos porques que já me perdi.

Mas voltando a critica do livro, eu acharia o livro perfeito se ele fosse apenas um narrador, o August, no entanto é importantíssimo saber como as outras pessoas achavam nosso protagonista, como elas se sentiam, saquei a parada. E gostei do final que o vilãosinho de 10 anos teve, o Julian, afinal era um garoto fútil que se achava o máximo pelo fato de ter pessoas ao seu redor, a nossa belíssima escritora tirou os amiguim dele e ele sai de Brecher Prep.

A diagramação eu nem preciso mencionar porque adorei, parecia que eu lia até o livro mais rápido (mas quando a gente via só tinha lido duas páginas, okay)

E sinceramente, eu recomendo o livro a todos que nunca sofreram bullying, até para os que não praticam e até pra quem já sofreu, é muito legal relembrar o que já sofremos né? HUE

 

E vocês, já leram? O que acharam? Comente e compartilhe no facebook o meu trabalho!

Semana que vem tem mais!

Bisos bisos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s