Por você (aquela tal música de amor) (paródia mais requentada)

Por você, eu não moveria um polegar,
e nem ia de metrô pra limpar os trilhos.
Eu iria a pé do Quarto ao Corredor.
Eu entraria no Guiness como a mais sedentária.
Viajaria pra Dubai,
Só pra posta no facebook,
Que a vida ta melhor sem você.
Por você, eu beberia
até ficar com a barriga de chopp
do Zeca Pagodinho

Por você, eu fiz um bando de dívida,
quem sabe mais de 6 mil reais e
por você, eu morreria pra rir do inferno
Ao te ver mijar de pau ereto

Por você, eu estive triste por um bom tempo
Mas hoje eu tô rindo a toa,
Porque com a Telesena eu fico numa boa.
Ha-ha-ha!

Por você, por você.

(hehehe, espero que tenham gostado, compartilhem cazamiga viu? beijão)

 

Anúncios

Duas estrelas, a resposta.

Eu estou sem óculos, eu não consigo enxergar totamente as coisas mas aqui no meu céu das duas e vinte e poucas da manhã, o céu continua explendido, e só consigo admirar duas estrelas, as duas distantes uma da outra mas mesmo assim elas continuam a brilhar, mesmo distantes, mesmo com as nuvens embaixo que atrapalham a admiração, e mesmo sem a lua perto delas, elas continuam a brilhar.

E continuamos a brilhar, mesmo com todas essas nuvens e ainda que haja o seu brilho, o mesmo alimentará o meu também e assim será para sempre. Porque meu bem, uma estrela brilha muito pouco, e duas estrelas brilham o infinito que elas quiserem alcançar.